os 50 livros mais importantes da literatura brasileira


A leitura dos grandes clássicos é a melhor forma de melhorar sua escrita. os grandes clássicos são extremamente benéficos para melhorar a escrita, pois possibilita ao leitor ter contato com grandes escritores e aprender a escrever de forma mais clara, precisa e fluente. Ao ler grandes clássicos, o leitor pode desenvolver sua capacidade de observar os detalhes, analisar frases e pensar criticamente. Além disso, a leitura dos clássicos também ajuda a desenvolver a criatividade, pois permite que o leitor descubra novos estilos e técnicas de escrita. Além disso, a leitura dos grandes clássicos também ajuda a desenvolver a compreensão da língua, proporcionando maior fluência e vocabulário. Portanto, a leitura dos grandes clássicos é uma ótima forma de melhorar sua escrita.

Confira a listagem dos cinquenta livros mais importantes da literatura brasileira.

1. Dom Casmurro, de Machado de Assis
2. O Guarani, de José de Alencar
3. Memorial de Aires, de Machado de Assis
5. Claro Enigma, de Vinicius de Moraes
6. Grande Sertão: Veredas, de João Guimarães Rosa
7. Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado
8. Os Maias, de Eça de Queirós
9. O Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna
10. A Moreninha, de Joaquim Manuel de Macedo
11. Iracema, de José de Alencar
12. O Cortiço, de Aluísio Azevedo
13. Quincas Borba, de Machado de Assis
14. A Hora e a Vez de Augusto Matraga, de João Cabral de Melo Neto
15. Minha Vida de Menina, de Helena Morley
16. Macunaíma, de Mário de Andrade
17. O Cemitério dos Vivos, de Manuel Bandeira
18. As Três Marias, de Rachel de Queiroz
19. O Quinze, de Rachel de Queiroz
20. Carmen, de Jorge Amado
21. A Bagaceira, de José Américo de Almeida
22. A Mão e a Luva, de Machado de Assis
23. A Cidade e as Serras, de Eça de Queirós
24. O Homem Que Sabia Javanês, de Moacyr Scliar
25. A Menina do Narizinho Arrebitado, de Monteiro Lobato
26. O Anjo do Último Instante, de Rubem Fonseca
27. O Bem Amado, de Dias Gomes
28. Subterfúgio, de Érico Veríssimo
29. A Mulher de Trinta Anos, de Honoré de Balzac
30. A Osmanli, de Oswald de Andrade
31. A Moreninha, de José Lins do Rego
32. O Direito de Nascer, de Rachel de Queiroz
33. Vidas Secas, de Graciliano Ramos
34. A Bagaceira, de Graciliano Ramos
35. A Lagoa Azul, de Mário Donato
36. O Anjo Mau, de Lygia Fagundes Telles
37. Capitães de Areia, de Jorge Amado
38. A Cabana do Pai Tomás, de Monteiro Lobato
39. O Alienista, de Machado de Assis
40. O Primo Basílio, de Eça de Queirós
41. O Canto da Sereia, de Bernardo Guimarães
42. A Cabra da Peste, de Euclides da Cunha
43. A Ilha do Tesouro, de Robert Louis Stevenson
44. Vidas Secas, de Graciliano Ramos
45. Macunaíma, de Mário de Andrade
46. A Moreninha, de Carlos Drummond de Andrade
47. O Compromisso, de Rubem Fonseca
48. A Viúva, de Jorge Amado
49. A Gata Borralheira, de Monteiro Lobato
50. O Ateneu, de Raul Pompeia

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo