[RESENHA #548] Veronika decide morrer, de Paulo Coelho

"Veronika Decide Morrer" é uma obra de Paulo Coelho publicada em 1998, que narra a história de Veronika, uma jovem eslovena que decide tirar a própria vida, mas ao acordar em um hospital descobre que não conseguiu atingir o objetivo e que agora tem um curto período de tempo para viver. A partir desse momento, Veronika começa a refletir sobre a vida, o sentido da existência e seus desejos mais profundos.

Logo nas primeiras páginas, Paulo Coelho nos apresenta o ponto chave da trama: "Veronika não tinha medo da morte. Pelo contrário, muitas vezes ela até desejava acabar com tudo aquilo que considerava uma perseguição, um inferno, uma sucessão de dias cinzentos que não tinham sentido". A partir dessa afirmação, o autor nos conduz por uma jornada de autoconhecimento e reflexão sobre a vida e a morte.

Uma das características marcantes do livro é a forma como Paulo Coelho escreve. Ele tem uma habilidade incrível de transformar frases simples em ensinamentos profundos e poéticos. Um exemplo disso está em uma das passagens, em que ele escreve: "Cada ser humano tem uma missão, e essa missão é divina".

Outro ponto forte da obra é a maneira como o autor aborda temas como depressão, loucura e morte. Ele não romantiza esses temas, mas os trata de forma sensível e empática. Em vários momentos da obra, fica evidente que Paulo Coelho fala com conhecimento de causa sobre esses temas, o que torna a narrativa ainda mais poderosa.

Um dos grandes acertos do livro é a personagem Veronika. Ela é uma personagem complexa, profunda e extremamente cativante. Paulo Coelho conseguiu criar uma personagem com a qual o leitor consegue se identificar e torcer para que consiga encontrar seu lugar no mundo.

Além disso, o autor consegue transportar o leitor para o ambiente do livro, fazendo com que a narrativa seja quase que cinematográfica. Em vários momentos da obra, o leitor tem a sensação de estar assistindo a um filme.

Sobre o autor, Paulo Coelho é um dos escritores mais famosos e lidos do mundo. Ele nasceu em 24 de agosto de 1947, no Rio de Janeiro, Brasil. Além de escritor, ele é letrista, jornalista e roteirista. Ao longo de sua carreira, ele já publicou mais de 30 livros, traduzidos para mais de 80 idiomas. Seus livros venderam mais de 225 milhões de cópias em todo o mundo.

Em "Veronika Decide Morrer", Paulo Coelho prova mais uma vez ser um escritor talentoso e habilidoso. Ele nos conduz por uma jornada de autoconhecimento e reflexão sobre a vida e a morte, por meio da história de Veronika. Com uma linguagem simples e poética, o autor consegue criar uma narrativa emocionante e cativante. Recomendo este livro para quem quer refletir sobre os desafios da vida e encontrar sentido na existência.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo