[RESENHA #562] Homens (não) choram, de Joan Turu


APRESENTAÇÃO

Nil é um garotinho, mas agora ele precisa se tornar um homem! Mas o que isso quer dizer? Não ter medo? Não demonstrar sentimentos? Não chorar? Acompanhe Nil em seu processo de autodescoberta sobre o que realmente é ser um homem nesta tocante história ilustrada. Chega a hora em que todo menino precisa virar homem. Quando Nil percebe que está ficando mais velho, surge a preocupação: o que significa ser homem? Olhando os homens ao seu redor, os da televisão e os das revistas, parece que as respostas já vem prontas.Então por que, logo após começar a agir como um verdadeiro homem, Nil se sente tão mal?Homens choram é a leitura ideal para mostrar aos meninos a importância de serem fieis a quem eles são de verdade, e de demonstrar os seus sentimentos, inclusive chorando, sempre que for necessário.

RESENHA

Nil é um garotinho que está crescendo, e com a idade vem as dúvidas, afinal, quando os meninos crescem, eles se tornam homens, mas...como era um homem? o que constitui o homem? Dá para aprender como ser homem, se sim, será que ensinam na escola? se não, como sabem como se constitui um homem? As dúvidas começam a pairar sobre a cabeça de Nil, até que ele decide pesquisar como são os homens, afinal, ele precisava aprender de algum lugar.

Em sua família, seu avô lhe contou que servir ao exército o tornou homem, incrédulo, ele começa pesquisar outros modelos de como se tornar homem, assistindo televisão, filmes, debates políticos e tantos outros programas, a partir dai, ele começa a pontuar tudo o que aprendera em um desenho no quarto: homem não usa rosa, homem não chora, homem tem que ser macho, viril, indiferente, e etc. Após colecionar alguns aspectos, Nil decide colocar em prática, porém, ao se tornar autossuficiente e independente de suas emoções, ele transformou-se em uma pessoa da qual não tinha nenhum orgulho. Ele passa a não querer brincar com sua amiga, afinal, homem brinca com coisa de homem, ele deixa de aproveitar os jogos de futebol para caçoar dos amigos...e, até se mete em uma briga, mas tudo isso o deixa mal consigo mesmo.

Após entrar em um conflito interno sobre como era ser homem, Nil fica cabisbaixo e triste, não somente por não ter se dado conta em como era ser homem, mas por não ter se transformado em um bom exemplo de homem naquele dia, então Nil é amparado por um médico da escola que o vê chorar, naquele momento, após uma conversa, Nil entendeu que tudo bem demonstrar sentimentos e fazer certas coisas, que nada disso o tornava menos homem.

uma excelente história ilustrada para ensinar os meninos sobre sentimentos, choro e demais aspectos que constituem não apenas o homem, mas o ser humano. Educar é preciso,  e este é um ótimo livro-roteiro para tal.

O AUTOR

Joan Turu nasceu em 1984 e é um ilustrador profissional dedicado à literatura infantojuvenil. Com uma caixa de lápis em mãos, Turu aprendeu que, mesmo não conseguindo mudar o mundo, podia criar no papel, nem que por apenas alguns momentos, um mundo onde palavras como respeito, solidariedade, empatia, paz e, principalmente, amor, fossem vividas no dia a dia. Ao concluir o curso de ilustração na Escola de Arte Manresa, entendeu que, assim como o desenho, se mudarmos a nossa perspectiva do mundo, podemos realmente mudar o mundo!

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo