[RESENHA #596] Convencional 80s, de Rodrigo Seara

APRESENTAÇÃO

No seu livro de estreia, Rodrigo Seara nos apresenta 12 contos que transitam por diversos gêneros e sensações, desde o horror repulsivo ao romance de beira de estrada. São histórias fortes, bem elaboradas e baseadas na experiência de alguém que ocupa seu tempo livre com muito “rock”, filmes e autores perturbados.

RESENHA


Convencional 80s e outras histórias é o primeiro livro do autor mineiro  Rodrigo Seara. Editado pela Flyve editora, o livro possui em sua estrutura um emaranhado de contos de terror em suas páginas, cada qual com sua particularidade criativa. As narrativas dialogam-se em categorias não arbitrárias do imaginativo popular, os contos desenvolvem-se em poucas páginas como crônicas e delineiam acontecimentos de horror reflexivo, em suma, o autor desenvolve os contos com uma crítica social nas entrelinhas, a obra torna-se palpável para todo leitor que deseja uma nova experiência descritiva no universo do terror.

O primeiro conto, a velha no telhado, é um conto inovador que ocorre de forma rápida entre a pausa inicial do primeiro acontecimento para o desenvolvimento do clímax, o que torna a leitura mais popular, sobretudo, por sua descrição lenda-urbana sobre uma senhora de dedos longos, queixo fino e unhas quebradas que arranha a madeira de uma antiga antiga e assombra um garoto gorducho, que passa então, a deter o medo em si tendo como reflexo a iniciativa de nunca mais jantar. O motivo, é claro, torna tudo ainda mais lúdico e criativo.

Em, uma noite arrasada, o autor traz um miniconto reflexivo acerca de um escritor em busca da escrita perfeita para um evento literário, a obra é extremamente convidativa, desenvolvendo um enredo único com uma atmosfera de suspense tenso e reflexivo. Apesar de ocupar apenas uma lauda, o conto é um fomento essencial à obra.

Convencional 80s nome homônimo à um conto presente na obra, é um conto sobre quatro amigos que se encontram para o jantar até o desfecho inesperado da noite regrado de muito flashback internacional e conversas embaraçosas e difíceis em meio ao matrimônio. O conto perfeito para alusão presente na obra.

Em síntese, a obra de Rodrigo Seara é um livro incrivelmente bem elaborado e desenvolvido, sua narrativa prolífica demonstra traços de um grande escritor que esmiuça detalhes dos acontecimentos até o último segundo, sua obra, em primeira instância, é um emaranhado poético e sofrido repleto de tensão e horror, como a proposta apresenta. Um livro para se ler todo de uma só vez.

O AUTOR

Rodrigo Seara nasceu em 2003, em Ipatinga, no interior de Minas Gerais. Amante dos filmes antigos, viciado em “rock” clássico e jogos de combate em tempo real, encontrou na escrita a melhor forma de expressar sua engenhosidade criativa.Seu conto de estreia, “Noite Arrastada”, foi um dos selecionados para compor a antologia “+Humor, Por Favor”, do selo Off Flip. E agora lança sua primeira obra solo neste livro de contos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo