Como escrever um livro do zero: o guia definitivo



Escrever um livro é um desafio até mesmo para os escritores mais experientes. Iniciar um livro requer um planejamento estratégico para o desenvolvimento do enredo e construção dos personagens de forma minuciosa e crítica para o sucesso, mas existem diversas técnicas que podem ser abordadas que facilitarão (e muito) a construção de todo o foco narrativo.


Ferramentas para escritores: de qual software você precisa?


Existem muitas ferramentas de software disponíveis para escritores, cada uma com suas próprias vantagens e desvantagens. Com um pouco de pesquisa, você pode encontrar as ferramentas que são perfeitas para o seu estilo de escrita.


Microsoft Word: O Microsoft Word é o criador de documentos mais comum e uma ferramenta vital se você planeja enviar seu romance a editores, agentes e editoras. Ele oferece uma ampla gama de recursos, incluindo formatação, revisão de texto e colaboração.


Scrivener: O Scrivener é uma ferramenta de criação de documentos organizacionais que é ideal para escritores que gostam de muita organização. Ele permite que você crie um único projeto para seu romance, com todos os seus documentos, notas e anexos em um só lugar.


Dropbox: O Dropbox é um serviço de armazenamento em nuvem que permite armazenar todos os seus documentos em um só lugar, acessível de qualquer dispositivo. É uma boa opção se você planeja escrever em várias máquinas, como um laptop ou desktop.


Evernote: O Evernote é uma ferramenta de anotações e organização que permite fazer anotações, criar listas e listas de tarefas. É um serviço útil para quem gosta de tudo anotado e ordenado em um só lugar.


Aplicativo Hemmingway: O aplicativo Hemingway é uma ferramenta de edição que destaca maneiras de melhorar sua cópia, como apontar a voz passiva. É uma boa ferramenta para seu primeiro rascunho.


iMindMap: O iMindMap é um software de mapeamento mental que ajuda a criar mapas claros e bonitos para planejar seu esboço.


Blurt: O Blurt é uma ferramenta de escrita multifuncional que destaca erros, evita que você edite seu próprio trabalho muito cedo e mantém você focado.


Dragon Naturally Speaking: O Dragon Naturally Speaking é uma ferramenta de voz para texto que transcreve suas palavras até três vezes mais rápido do que digitar. É ideal para escrever muitas palavras rapidamente, mas provavelmente você precisará fazer mais edições no futuro.


O que considerar antes de escrever um livro:


Escrever um livro é uma tarefa desafiadora, mas também pode ser muito gratificante. Antes de começar, é importante considerar alguns fatores importantes.


Tempo e energia: Escrever um livro leva tempo e esforço. Você deve estar disposto a dedicar um tempo significativo à escrita, mesmo que isso signifique sacrificar outras atividades.


Habilidades: Escrever um livro requer uma variedade de habilidades, incluindo escrita, edição e pesquisa. Você deve estar preparado para desenvolver essas habilidades, mesmo que já as tenha.


Ideia: Você deve ter uma ideia clara do que quer escrever. Isso pode ser tão simples quanto um conceito geral ou tão detalhado quanto um enredo completo.


Público: Você deve considerar quem você quer que leia seu livro. Isso ajudará você a tomar decisões sobre o tom, o estilo e o conteúdo do livro.


Objetivos: Você quer publicar seu livro com uma editora tradicional ou autopublicá-lo? Seus objetivos ajudarão a orientar suas decisões sobre o processo de escrita e publicação.


Perguntas específicas

Aqui estão algumas perguntas específicas que você pode se fazer para avaliar sua prontidão para escrever um livro:

  1. Quanto tempo você pode dedicar à escrita por semana?

  2. Você tem alguma experiência em escrita?

  3. Você tem uma ideia clara para o seu livro?

  4. Você sabe qual é o seu público-alvo?

  5. Você está disposto a investir tempo e dinheiro na publicação do seu livro?

Dicas para escritores iniciantes


Comece pequeno. Não tente escrever um romance de 500 páginas logo de cara. Comece com um conto ou uma novela mais curta.


Receba feedback de outros escritores. Compartilhe seu trabalho com amigos, familiares ou outros escritores para obter feedback.


Não tenha medo de pedir ajuda. Existem muitos recursos disponíveis para escritores iniciantes, como cursos, workshops e grupos de escrita.


Definindo seu gênero e público

Começar um romance

Começar um romance não é tão simples quanto sentar e começar a escrever. Antes de colocar a caneta no papel ou as pontas dos dedos no teclado, é importante seguir algumas etapas vitais de planejamento.

Decisões importantes


Os primeiros passos envolvem tomar algumas decisões importantes, como:

  1. Qual é a ideia do seu romance? O que você quer contar?

  2. Quais são os personagens principais? Quais são suas histórias?

  3. Qual é o cenário? Onde e quando a história se passa?

  4. Qual é o tom e o estilo? Como você quer que sua história seja contada?

Esboço


Depois de tomar essas decisões, você pode começar a criar um esboço para seu romance. Este esboço pode ser tão detalhado ou tão geral quanto você quiser. Para escritores iniciantes, é uma boa ideia começar com um esboço geral que inclua apenas os pontos principais da trama.

Pensando no gênero e no público


A ideia de um livro pode ser o que o inspirou a escrevê-lo, mas se você quer vendê-lo, é importante pensar no gênero e no público-alvo.


Escolha o gênero certo


Alguns escritores preferem escrever em gêneros que gostam de ler. Isso pode ajudar a manter a paixão acesa e fornecer uma base sólida de conhecimento para começar. Outros podem querer sair da zona de conforto e tentar um novo gênero ou público.


Faça sua pesquisa


Depois de escolher um gênero, é importante se familiarizar com ele. Aqui estão algumas dicas:

  • Leia livros populares do gênero. Isso lhe dará uma boa ideia dos elementos que os leitores esperam de um livro desse gênero.

  • Leia livros ruins do gênero. Isso pode ajudá-lo a evitar erros comuns.

  • Leia entrevistas com autores populares do gênero. Eles podem lhe dar insights sobre como eles escrevem e como eles pensam sobre seu gênero.

  • Aprenda sobre os tropos usuais do gênero. Isso pode ajudá-lo a criar uma história que seja familiar para os leitores, mas também original.

  • Leia resenhas de pesquisa para saber o que os leitores gostam e não gostam. Isso pode ajudá-lo a adaptar sua história para atender às necessidades do seu público-alvo.

  • Reúna notas sobre o leitor típico do gênero. Isso pode ajudá-lo a escrever uma história que seja atraente para eles.


Aplique o que aprendeu

Depois de aprender sobre o gênero e o público-alvo, você pode começar a aplicar o que aprendeu à sua própria escrita. Por exemplo, você pode:


Escrever uma história que seja familiar para o público-alvo, mas com um toque original.


Incluir elementos que o público-alvo espera, mas também surpreendê-los com algo novo e inesperado.


Como escrever um rascunho de romance


Um esboço é um plano para sua história. Ele pode ajudá-lo a evitar buracos na trama, manter o foco e terminar seu livro mais rapidamente.


Métodos de esboço


Existem muitos métodos diferentes de esboço. Alguns escritores preferem criar um esboço detalhado, enquanto outros preferem um esboço mais geral.

Aqui estão alguns métodos de esboço comuns:


Esboço de três atos: Este método divide a história em três partes: introdução, desenvolvimento e conclusão.


Esboço de seis cenas: Este método divide a história em seis cenas principais.


Esboço de personagem: Este método se concentra nos personagens e em suas jornadas.


Esboço de enredo: Este método se concentra na trama e nos eventos da história.


Não importa qual método você escolher, é importante que seu esboço seja detalhado o suficiente para ajudá-lo a escrever seu romance.


Pantsers


Pantsers são escritores que preferem escrever sem um esboço. Eles preferem deixar a história se desenrolar à medida que a escrevem.


Mesmo que você seja um pantser, ainda é útil ter alguma forma de controle sobre sua história. Você pode usar uma planilha para anotar detalhes dos personagens, grafia de nomes de lugares e pontas soltas.


O método do floco de neve

Uma das rotas mais populares na criação de esboços, o Método Snowflake, é ideia do autor Randy Ingermanson. Neste método, você começa com um gráfico básico e vai expandindo-o aos poucos.


Para começar, escreva um resumo de uma frase do seu romance. Expanda isso em seu “argumento de venda”, uma breve explicação de parágrafo. Em seguida, expanda isso em uma página e assim por diante.


Continue até obter um floco de neve totalmente formado, completo com personagens, pontos da trama, problemas, cenas importantes e outros detalhes. Se você quiser mais detalhes sobre como escrever usando o método floco de neve, fique ligado – em breve teremos um blog inteiro dedicado a isso.


O Método Freytag


O Método Freytag é uma estrutura de história comum que divide uma história em cinco partes:


Exposição: apresenta os personagens, o cenário e o conflito.


Ação ascendente: o conflito se intensifica à medida que os personagens enfrentam obstáculos.


Clímax: o conflito atinge seu ponto máximo.


Ação descendente: o conflito é resolvido e os personagens são transformados.


Desfecho: a história é concluída.


O Método Freytag é uma ferramenta útil para escritores que desejam criar histórias bem estruturadas. Ele fornece um framework básico para organizar sua história e garantir que ela tenha um bom fluxo.


Para seguir o Método Freytag, você pode:

Comece com uma ideia para uma história.

Use o Método Freytag para mapear os fundamentos de sua história.

Comece a escrever, expandindo cada seção conforme necessário.


Aqui está um exemplo de como o Método Freytag pode ser usado para estruturar uma história:


Exposição: Um jovem casal se apaixona, mas sua família não aprova o relacionamento.


Ação ascendente: O casal se casa às escondidas, mas é descoberto por seus pais.


Clímax: Os pais expulsam o casal de casa.


Ação descendente: O casal precisa aprender a sobreviver por conta própria.


Desfecho: O casal supera as adversidades e fica junto.


É importante notar que o Método Freytag é apenas uma ferramenta. Você pode adaptá-lo para atender às suas necessidades específicas. Por exemplo, você pode adicionar ou remover seções, ou alterar a ordem das seções.


No entanto, o Método Freytag pode ser uma ótima maneira de começar a estruturar sua história. Ele pode ajudá-lo a garantir que sua história tenha um bom fluxo e que os leitores fiquem envolvidos.

O método capítulo por capítulo

Este método é simples e direto: você cria um título para cada capítulo e, em seguida, anota os pontos ou eventos principais de cada capítulo.


Este método pode ser uma boa opção para escritores que se sentem intimidados pelo processo de escrita. Ao planejar um capítulo de cada vez, você pode se concentrar em uma tarefa de cada vez e evitar sentir-se sobrecarregado. Naturalmente, este método leva mais tempo do que outros métodos de esboço, mas pode valer a pena para escritores que desejam ter um rascunho sólido antes de começar a escrever.


Vantagens:

Pode ser uma boa opção para escritores que se sentem intimidados pelo processo de escrita.

Permite que você se concentre em uma tarefa de cada vez.

Pode levar a um rascunho mais sólido.


Desvantagens:

Leva mais tempo do que outros métodos de esboço.

Pode ser menos flexível do que outros métodos de esboço.


Como usar:

Comece com uma ideia para uma história.

Divida a história em capítulos.

Para cada capítulo, crie um título e anote os pontos ou eventos principais.

Comece a escrever, expandindo cada capítulo conforme necessário.


Exemplo:

Capítulo 1: Um jovem casal se apaixona, mas sua família não aprova o relacionamento.

Capítulo 2: O casal se casa às escondidas, mas é descoberto por seus pais.

Capítulo 3: Os pais expulsam o casal de casa.

Capítulo 4: O casal precisa aprender a sobreviver por conta própria.

Capítulo 5: O casal supera as adversidades e fica junto.O método reverso


No Método Reverso, a primeira coisa a fazer é escrever o final.


Assim que estiver satisfeito com isso, trabalhe de trás para frente. Adicione um começo e preencha os principais pontos da trama que contribuem para esse final.


Saber exatamente como tudo termina desde o primeiro dia o ajudará a passar toda a história trabalhando nos capítulos finais.


O Método rascunho zero


O método racunho zero, também conhecido como "compromisso do Pantser", é um método de escrita que envolve começar a escrever sem um esboço. Em vez disso, você simplesmente começa a escrever e vê o que acontece.


Este método pode ser uma boa opção para escritores que se sentem mais confortáveis ​​com a escrita espontânea. Ele pode ajudá-lo a capturar a criatividade e a espontaneidade do momento.


Como funciona

O rascunho zero é simples:


Comece com uma ideia para uma história.

Comece a escrever e veja o que acontece.

Continue escrevendo até que você tenha cerca de 100 a 200 páginas.


Revise seu rascunho zero e identifique quaisquer buracos na trama ou problemas de desenvolvimento de personagens.


Comece a escrever seu primeiro rascunho, usando seu rascunho do zero como base.


Vantagens


Pode ajudar você a capturar a criatividade e a espontaneidade do momento.


Pode ser uma boa opção para escritores que se sentem mais confortáveis ​​com a escrita espontânea.


Pode ser menos intimidante do que começar com um esboço detalhado.


Desvantagens


Pode levar mais tempo para identificar e corrigir buracos na trama ou problemas de desenvolvimento de personagens.


Pode ser mais difícil manter o foco e a direção sem um esboço.


Conclusão


O método rascunho zero é uma ferramenta útil para escritores que desejam criar histórias. Ele pode ajudá-lo a capturar a criatividade e a espontaneidade do momento, mas é importante estar preparado para dedicar tempo para revisar e editar seu rascunho zero antes de começar a escrever seu primeiro rascunho.


Aqui estão algumas dicas para usar o método rascunho zero:

Comece com uma ideia simples e direta.

Não se preocupe em fazer com que tudo seja perfeito.

Apenas deixe a criatividade fluir.

Revise seu rascunho zero com atenção.

Não tenha medo de fazer alterações.


Não importa qual método de planejamento você escolher, é importante ter uma compreensão básica dos elementos que fazem parte de um bom romance. Esses elementos incluem:


Personagens: Os personagens são o coração de qualquer história. Eles devem ser bem desenvolvidos e cativantes.


Trama: A trama é o que acontece na história. Ela deve ser envolvente e interessante.


Ambiente: O ambiente é o cenário da história. Ele deve ser bem descrito e realista.


Tema: O tema é a mensagem ou lição da história. Ele deve ser claro e relevante.


Ao entender esses elementos, você estará bem equipado para escrever um romance envolvente e bem-sucedido.


Como escrever um livro do zero


Depois de definir o tempo e considerar o enredo e os personagens, a escrita do livro pode começar. Seguir estas dicas de redação passo a passo o ajudará a escrever seu próprio livro:


1. Estabeleça um espaço de escrita consistente

Um espaço de escrita tranquilo e livre de distrações é essencial para a produtividade. Encontre um lugar onde você possa se concentrar e escrever sem ser interrompido.


2. Aprimore a ideia do seu livro

Antes de começar a escrever, faça algumas perguntas para si mesmo para garantir que sua ideia seja forte. Por que sua história é interessante ou importante? Quem vai querer ler seu livro?


3. Descreva sua história

Um esboço é uma ferramenta útil para garantir que sua história tenha um bom fluxo e que todos os elementos estejam em seu lugar. Você pode usar um esboço de três atos, um esboço de capítulo por capítulo ou outro método que funcione para você.


4. Faça sua pesquisa

Se você estiver escrevendo um livro de não ficção, a pesquisa é essencial para garantir que sua história seja precisa e informativa. Mesmo que você esteja escrevendo ficção, a pesquisa pode ajudá-lo a criar personagens e cenários realistas.


5. Comece a escrever e siga uma rotina

É importante estabelecer uma rotina de escrita para que você possa se manter motivado e produtivo. Tente definir metas diárias de contagem de palavras e reserve um tempo específico para escrever todos os dias.


6. Termine seu primeiro rascunho

Não se preocupe em fazer com que seu primeiro rascunho seja perfeito. O importante é simplesmente terminar a história. Você pode fazer revisões e edições depois.


7. Revise e edite

Após terminar seu primeiro rascunho, é hora de revisar e editar sua história. Peça a um amigo ou editor profissional para ajudá-lo a identificar quaisquer problemas.


8. Escreva seu segundo rascunho

O segundo rascunho é sua oportunidade de fazer alterações significativas em sua história. Você pode adicionar detalhes, corrigir erros e melhorar o fluxo.


9. Publique seu livro

Depois de terminar seu segundo rascunho, é hora de publicar seu livro. Você pode autopublicar ou tentar publicá-lo com uma editora.


Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo