Resenha do filme: temporada de furacões, 2023

Temporada de furacões / Reprodução: Netflix

APRESENTAÇÃO

Quando um grupo de adolescentes encontra um corpo flutuando em um canal, a dura realidade por trás de um crime perverso revela os segredos ocultos de uma cidade.

RESENHA

“Dizem que o calor está enlouquecendo as pessoas; que a temporada de furacões está vindo com força; que as más vibrações são a causa de tanta desgraça. Mas fiquem tranquilos. Não temam ou se desesperem, porque a escuridão não dura pra sempre. Viram a luz que está brilhando ao longe? Aquela luzinha que parece uma estrela? Temos que ir para lá. Lá é a saída deste buraco”.

“Temporada de furacões” é um suspense mexicano que chegou recentemente à Netflix. O filme é uma adaptação do romance homônimo de Fernanda Melchor, dirigido por Elisa Miller, vencedora da Palma de Ouro em 2007, e produzido por Mónica Vertiz, Rafael Ley e Paulina Albarrán.

Luismi / reprodução: Netflix

A história se passa em ‘La Matosa’, uma localidade fictícia marcada pela pobreza. O filme se inicia através dos relatos de Ysenia, mais conhecida como Lagarta. Ela está sentada em uma delegacia e está registrando um boletim de ocorrência conta seu primo Maurílio Camargo Cruz, mais conhecido como Luismi. Ela narra que ao voltar de um banho no rio, o encontrou drogado e sujo perguntando sobre como estava a água. A partir deste ponto, a narrativa ganha forma e todos os acontecimentos se desenvolvem em torno de um corpo encontrado boiando na água por um grupo de crianças.

O filme aborda problemas como violência e machismo na sociedade mexicana. Quando um grupo de adolescentes descobre um cadáver flutuando no canal, o pano de fundo do assassinato revela os segredos obscuros da cidade, incluindo a existência de uma bruxa que aparentemente lançou uma maldição sobre o local onde a trama se passa.

VEJA O TRAILER

O elenco do filme é composto por atores renomados e novos talentos, incluindo Edgar Treviño, Andrés Cordova, Paloma Alvamar, Ernesto Meléndez, Guss Morales e Kat Rigoni. Os personagens que eles interpretam são Yesenia (Paloma Alvamar), Luismi (Edgar Treviño), Norma (Kat Rigoni), Brando (Ernesto Meléndez), Munra (Guss Morales) e outros.

Ysenia, largarta. / Reprodução: Netflix

A narrativa é marcada por homofobia, feminicídio, aborto, violência de gênero, pobreza, prostituição, ausência de oportunidades, distribuição de ódio gratuito, dentre outros tópicos sensíveis. O enredo trabalha uma noção de sexualidade velada, uma vez que, todo enredo trabalha uma forte noção de reprovação da sexualidade homoafetivo e do afeto entre os homens. As cenas são trabalhadas com forte teor psicológico que trabalha de forma incisiva e profunda a complexidade existente entre o desenvolvimento do relacionamento humano.

A recepção crítica do filme foi geralmente positiva. A crítica destacou a complexidade da narrativa, a profundidade dos personagens e a representação autêntica e brutal da realidade mexicana. No entanto, alguns críticos observaram que a duração do filme não permitiu que todas as temáticas fossem exploradas da mesma maneira, o que pode gerar dúvidas nos espectadores.

Em resumo, “Temporada de furacões” é um filme que desafia o espectador com sua narrativa complexa e personagens profundamente humanos. Ele oferece um olhar sem censura sobre a realidade brutal da sociedade mexicana, ao mesmo tempo que destaca a resiliência e a humanidade de seus personagens. É um filme que vale a pena assistir, não apenas por sua história envolvente, mas também por sua representação autêntica e sem censura da realidade mexicana. Parabéns a todos os envolvidos por trazerem à vida esta obra importante e necessária.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo