5 biografias incríveis sobre Frida Kahlo

Imagem: Colagem digital / Divulgação


Frida Kahlo, uma das artistas mais aclamadas e icônicas do século XX, é conhecida não apenas por suas obras de arte distintivas, mas também por sua vida fascinante e cheia de adversidades. Nesta matéria, mergulhamos em cinco biografias incríveis sobre a vida e obra de Frida Kahlo, revelando detalhes íntimos de sua trajetória, suas lutas pessoais e suas conquistas artísticas. Conheça mais sobre essa mulher extraordinária, que deixou um legado duradouro no mundo da arte e que continua a inspirar e cativar pessoas de todas as idades até os dias de hoje.

1. Frida Kahlo E As Cores Da Vida - Uma História De Arte, Amores E Revoluções, de Caroline Bernard

México, 1925: Frida quer se tornar médica, mas um terrível acidente põe fim a seu sonho. Anos mais tarde, ela se apaixona pelo grande sedutor e pintor Diego Rivera e ao lado dele mergulha de vez no cobiçado mundo das artes. Sempre assombrada por problemas de saúde e sabendo que sua felicidade poderia ser passageira, Frida se entrega à vida e descobre como trilhar o próprio caminho. Com roupas de cores vibrantes e postura de divindade asteca, a artista cria uma aura particular e se torna uma das pintoras mais cultuadas de nossos tempos. Frida Kahlo e as cores da vida é um romance contundente sobre feminilidade, história, arte e liberdade a partir da trajetória de Frida Kahlo.


2.O diário de Frida Kahlo: Um novo olhar, de Frida Kahlo


Durante os últimos dez anos de sua vida, Frida Kahlo fez de seu diário um espaço íntimo, um abrigo, um espelho sem filtro para transmitir sua personalidade. Evocando os cinco sentidos e a imaginação, os desenhos e as palavras fundem-se, transitando em outras dimensões, oferecendo a leitores a possibilidade de ouvir a voz de Frida, perceber sua respiração, serem tocados por sua beleza e rir com seu humor fino.

O diário de Frida Kahlo. Um novo olhar é nova edição do cultuado trabalho de Frida Kahlo,que ficou mantido em segredo por cerca de 40 anos no México. Apresentada ao público brasileiro em capa dura, a obra reúne fac-símile impresso em cores, a transcrição dos escritos originais, além de três textos introdutórios inéditos: da editora responsável pelo projeto original, Claudia Madrazo; da historiadora da arte Karen Cordero Reiman; e do escritor Eduardo Casar. Todos são conterrâneos de Frida e nos convidam a sentir, ouvir e apreciar as formas visuais e literárias do diário.

O amor por Diego Rivera, pela liberdade, pela vida e pelo povo mexicano, além de reflexões sobre sua arte e sua vivência como pessoa com deficência, estão aqui reunidos. O diário de Frida Kahlo. Um novo olhar é um livro que nos permite compartilhar da intimidade de Frida, mas também nos convida a nos aproximar de sua produção de uma nova forma, sejamos nós fãs ou estudiosos de sua obra.


3. O Coração: Frida Kahlo em Paris, de Marco Marc Petitjean


Uma intrigante parte da vida de frida kahlo que você nunca conheceu.

Pela primeira vez, uma parte antes esquecida da história de Frida Kahlo ― sua vivência na Europa ao lado de artistas como Marcel Duchamp, Pablo Picasso e André Breton ― é trazida à luz em um relato íntimo e cheio de detalhes requintados. A obra leva o leitor a Paris, onde a artista faz sua única exposição em terras europeias, e dá uma compreensão nova e inesperada de seu trabalho e da vibrante cena surrealista dos anos 1930.

Usando o rápido e intenso romance de Frida com o pai do autor, Michel Petitjean, como ponto de partida, O Coração – Frida Kahlo em Paris apresenta um retrato impressionante da artista e uma perspectiva ímpar de uma de suas pinturas mais poderosas e enigmáticas.

4. Frida - a Biografia, de Hayden Herrera;



Todo mundo conhece Frida Kahlo, cuja imagem, de olhar complexo sob sobrancelhas espessas, cabelos negros e roupas coloridas, é quase tão difundida quanto a de Che Guevara. Todo mundo sabe que sofreu um gravíssimo acidente na juventude, que foi casada com o grande muralista Diego Rivera, e que foi amante de Leon Trotsky. Todo mundo sabe que tinha ideias radicais em política e hábitos modernos na vida, que pintava de modo radicalmente pessoal, e que teve uma existência tão tumultuada quanto o século XX em que viveu. O que poucos sabem é que tudo o que quase todo mundo sabe sobre Frida Kahlo está longe de resumir sua vida, ou de revelar a mulher por trás do ícone da arte latino-americana moderna.


5. Frida Kahlo, de Luis Martin Lozano


Entre as poucas mulheres artistas que transcenderam a história da arte, nenhuma teve uma ascensão meteórica como a pintora mexicana Frida Kahlo (1907–1954). O seu rosto inconfundível, retratado em mais de cinquenta autorretratos extraordinários, tem sido admirado por gerações; juntamente com centenas de fotografias tiradas por artistas notáveis ​​como Manuel e Lola Álvarez Bravo, Nickolas Muray e Martin Munkácsi, fizeram de Frida Kahlo uma imagem icônica da arte do século XX. próprio livre arbítrio. Seu casamento com Diego Rivera em 1929 a colocou na vanguarda da cena artística não apenas no Renascimento cultural do México, mas também nos Estados Unidos. Seu trabalho recebeu elogios do poeta André Breton, que acrescentou o pintor mexicano às fileiras do surrealismo internacional e expôs seu trabalho em Paris em 1939, para a admiração de Picasso, Kandinsky e Duchamp.Acessamos a intimidade dos afetos e paixões de Frida através de uma seleção de desenhos, páginas de seu diário pessoal e uma extensa biografia ilustrada com fotos de Frida, Diego e da Casa Azul, a casa de Frida e o centro de seu universo. Este livro permite aos leitores admirar as pinturas de Frida Kahlo como nunca antes, incluindo fotos detalhadas sem precedentes e fotografias famosas. Apresenta peças de coleções particulares e reproduz obras anteriormente perdidas ou não expostas há mais de 80 anos.

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo