Conheça a obra: É que essa pequenez do (nosso) universo sempre me assustou um pouco, de Rafaella Pastore Miotto

Foto: Divulgação


Capaz de se conectar com o leitor de maneira rápida através de sua prosa fluida e livre de amarras, Rafaella Pastore Miotto derrama nas páginas de seu primeiro livro toda a sua jornada de autoconhecimento enquanto filha, irmã, tia, sobrinha, amiga, cidadã, namorada, ser humano... e em tantos outros papeis nos quais a vida nos encaixa (ou pelo menos tenta).

Com uma narrativa poética e carregada de sensibilidade, a autora nos leva a refletir sobre o nosso tamanho perante tantas maravilhas e tristezas que contemplam a nossa permanência por aqui. Por meio de suas dores, amores e batalhas que travou interna e externamente, Rafaella explora cada versão que encontra em si mesma, permitindo que os leitores também experimentem se colocar em perspectiva através de suas palavras.


“É que essa pequenez do (nosso) universo sempre me assustou um pouco” aborda ainda ansiedade, solidão e desigualdade, mas também nos lembra sempre que somos a nossa própria fonte de luz em meio à escuridão que por tantas vezes insiste em nos perseguir.

 “A grandeza de tudo é um dos meus maiores interesses desde que eu me conheço por gente. A imensidão dos nossos seres e seus derivados sempre me tocou de uma forma única. Mas a pequenez do nosso universo… Esse oposto do enorme desconhecido que nos rodeia, denominado cosmos, é o que realmente me fascina.” - Rafaella Pastore Miotto




Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo