Conheça “canção do amor distante”, novo cd de Ana Salvagni e Eduardo Lobo

Canção do amor distante, de Ana Salvagni


A maestrina e cantora Ana Salvagni venceu a categoria regional do Prêmio da Música Brasileira com o disco “Alma Cabocla”, em 2010, enquanto o violonista Eduardo Lobo conquistou o segundo lugar na sétima edição Prêmio Visa Instrumental em 2004. Formados pelo Instituto de Artes da Unicamp, há cinco anos, eles iniciaram um projeto cujo resultado é o CD Canção do Amor Distante, com um dos shows de lançamento acontecendo na Cia. Sarau, em Campinas. O espetáculo contou com a participação especial do instrumentista Paulo Freire, um dos convidados para a gravação do disco distribuído pela Tratore. O álbum conta com 12 arranjos para violão e voz, onde Ana e Lobo interpretam o amor ausente em diferentes ritmos, gêneros, épocas e culturas. Com peças como Canção I, Contrato de Separação, Apaga o Fogo Mané e Cantiga de Amigo, a obra promete surpreender os ouvintes. O projeto, segundo os artistas, nasceu da vontade de executar canções com maior densidade e contou com a participação de diversos músicos na sua produção em Campinas.

A Canção do Amor Distante apresenta a união entre o canto e o violão, reunindo algumas das mais belas canções brasileiras, ainda que pouco divulgadas, e importantes autores, como Tom Jobim, Dominguinhos, Carlos Lyra e Sinhô, além de canções estrangeiras. O álbum, com arranjos e direção musical de Eduardo Lobo, valoriza a precisão e as sutilezas da voz e do violão. A produção de Ana Salvagni contou com a participação de músicos como Matteo Ricciadi, Chico Santana, Paulo Freire, Fernanda Vieira, Carlinhos Antunes e Thibault Delor. O projeto foi viabilizado por uma campanha de financiamento coletivo bem sucedida, com mais de 250 apoiadores na plataforma Benfeitoria.


Em seu quarto CD, Ana Salvagni une-se ao violonista Eduardo Lobo, que assina os arranjos e a direção musical. As canções têm estilos variados e conservam o mesmo tema do amor ausente. Grandes compositores da MPB, como Guinga, Dominguinhos e Tom Jobim são combinados ao italiano Vinicio Capossela, ao venezuelano Manuel Yánez e a um trovador do século XIII. Participações de Matteo Ricciardi, Paulo Freire e Thibault Delor, entre outros.


Foto: CD canção do amor distante / Arquivo Pessoal


Ana Salvagni é uma cantora, poetisa e regente, formada em Regência pela Unicamp em 1994. Em parceria com o Trio Bem Temperado, lançou os CDs Ana Salvagni (1999), Avarandado (2005) e Alma Cabocla (2009) e possui dois livros de poesia publicados, Janela Sem Tranca e Fotos do Espelho. Além disso, é regente dos corais Açucena, Avis Rara e Da Quinta, de Campinas-SP, e integra o espetáculo Janelas do Tempo com o grupo Choro da Mata. Também se apresenta ao lado do violeiro Paulo Freire e em duo com o violonista Eduardo Lobo.


Eduardo Lobo, aluno de doutorado em música na Unicamp, tem vários CDs gravados, incluindo Choro Elétrico (Prêmio Visa), Porta Aberta (2008), Alegria (2010), Abrideira (com o grupo Fina Estampa) e Ideia de Antes (2013).


(C) 2016 Ana Salvagni e Eduardo Lobo [dist. Tratore] (P) 2016 Ana Salvagni e Eduardo Lobo [dist. Tratore]


Ouça 'Canção do amor distante':

Apple Music: https://music.apple.com/br/album/can%C3%A7%C3%A3o-do-amor-distante/1168205298

Youtubehttps://www.youtube.com/playlist?list=OLAK5uy_ld0gBvoxcb6fY15C8LGiEsLFu3Wb6pfVY

Spotifyhttps://open.spotify.com/intl-pt/album/5F5TAQ7feymu0dN3ibDDb4

Nenhum comentário

Postar um comentário

© all rights reserved
made with by templateszoo